Neste curso vamos nos aprofundar sobre apresentação de valores, prazos e particularidades de seu produto, com a ajuda da Proposta Comercial.

Não importa se você é da área de vendas ou desempenha inúmeras funções ao mesmo tempo, como os freelancers por exemplo. Seu objetivo deve ser passar confiança e profissionalismo em todas as etapas da negociação ao cliente.

Independente de sua especialidade, antes de mais nada você precisa vender. Trabalho com criação de sites e softwares personalizados desde os anos 2000, mas antes de ser programador, tive que aprender a vender.

Mesmo que você tenha habilidades incríveis de diálogo e relacionamento interpessoal, é preciso apresentar na forma escrita como seu produto soluciona os problemas do seu cliente, valores e prazos. A maneira como você apresentará essas informações é tão importante quanto as reuniões que fez até agora. Se não demonstrar profissionalismo na próxima etapa, você pode colocar em dúvida toda a impressão inicial positiva que você gerou no cliente.

O profissionalismo está nos detalhes

Algumas pessoas acham que basta enviar um e-mail ou mensagem no WhatsApp falando a quantidade de peças, valores e o prazo de entrega. Invés disso, por que não escrever um documento de uma página, uma tabela bem organizada, logo da empresa e informações de contato? É um investimento de tempo que trará muito mais benefícios aos seu negócio.

Da mesma forma que sua aparência externa importa para o cliente – mesmo que você seja do grupo que não concorda ou acha isso errado, essa é a realidade da psicologia humana –, a forma como você apresenta seus preços também influencia a tomada de decisão.

Faça um favor à sua empresa e invista numa proposta profissional, com conteúdo objetivo para que seu cliente não tenha dúvidas do que estará comprando um produto confiável.

Produto ou Serviço?

Ao longo dos posts vou usar o termo "produto", que serve tanto para produtos físicos quanto serviços como manutenções, instalações, cosnultorias, criação de campanhas de marketing, etc.

No final das contas, ao vendermos um serviço e definirmos um valor fechado, estamos vendendo um produto personalizado ao nosso cliente.

Por isso não há a necessidade de ser repetitivo falando "produto ou serviço".